16 janeiro 2016

Carta Azul



 Já faz um tempo que não te escrevo diretamente, mas em cada estrofe escrita por min ah um pouco de você, mas eu sempre pensei que você merecia mais, se tinhas um sorriso, eu achava que merecia a felicidade eterna, se tinhas um abraço, eu achava que merecia um lar, se tinhas um amor, eu achava que só isso ainda não era o bastante, porque você você sempre foi mais, a mais bonita, a mais inteligente, a mais engraçada, a mais popular, porque então sobreviveria com o pouco que o mundo lhe deu, porque então eu não poderia escrever um texto apenas sobre você, bom então ai lá vai mais uma carta, cheia de arrependimentos, saudades, e carinho.. 



 Como vai ? Como anda esse sorriso, tem se aberto de vez em quando ? Tem se entregado as pequenas coisas  ? Ou você ainda está o guardando para algo inacreditavelmente incrível ? Ah Azul o céu hoje está do seu tom, ele me fez lembrar do natal em que minha família estava reunida na sala, e eu trancada no quarto no computador rezando pra que a sua vida não fosse tão empolgante a ponto de ter aonde ir naquela noite, só pra poder ''passar'' está data com você, eu me sentia em casa, me sentia bem, me sentia acolhida, engraçado me sentir assim com alguém que eu nem ao menos conhecia, mas é, você foi a peça do quebra cabeça que caiu debaixo da cama, aquela que fazia tudo perder o sentido quando não estava no lugar certo, aquela que fazia tudo perder a graça, eu não pensei que fosse verdade quando diziam que eu era boba demais em acreditar que o pra sempre durava de verdade para sempre. O para sempre foi algo inventado para construir laços duradouros que sempre se desfazem, hoje eu sei. Mas não vamos falar de min, eu sou um assunto meio entorpecedor. Me fale de você, me diga como vai o seu curso de Radiologia ? Como é saber que dia após dia você verá a sua vida entranhada naqueles ossos quebrados ? Ah eu não posso dizer muito afinal, oque eu escolhi ? Escolhi cuidar desses mesmos ossos quebrados até se recuperarem e sair pra vida, pra simplesmente se partirem novamente, e se não isso, vou viver o resto de minha vida vendo a através de uma lente, vendo tudo acontecer em pequenos flashes, que seja, cada um com sua cruz, e por min tudo bem.. teve uma época que a única coisa em que eu queria era ser conhecida, ser popular, ser famosa, mas depois de um breve blefe eu voltei pra toca, e acredite, as vantagens de ser invisível são inúmeras, eu precisaria de no minimo uma vida de 100 anos para  descrever cada uma delas detalhadamente. Mas olha só onde eu voltei, estou falando de min novamente, antes eu sabia oque dizer sobre você, e até mesmo oque perguntar.. Mas hoje, bom, eu acho que hoje não nos conhecemos mais, apesar de ainda me sentir bem quando nos falamos, apesar de ainda rezar por você todas as noites, e apesar de as vezes eu querer que tudo voltasse, você não é mais como eu me lembrava, você não é mais uma pequena lagoa, hoje você é como o mar, é imprevisível, inconstante, sem mimos, só mesmo uma nova pessoa, e eu queria que soubesse que mesmo que não pareça eu lhe desejo toda a sorte do mundo mesmo te achando meio babaca eu sei que você merece..
 Existe alguma outra maneira de dizer eu te amo sem pronunciar as palavras '' eu '' '' te '' '' amo '' ? Penso que não, então acho que por hoje um boa noite basta.